WOSES 2008
WOSES 2008

WOSES 2008


IV Workshop "Um Olhar Sociotécnico sobre a Engenharia de Software"

Ampliando Fronteiras para Efetivar Qualidade


  06 de junho de 2008

Florianópolis - Santa Catarina

Evento Paralelo ao Simpósio Brasileiro de Qualidade de Software





Dando continuidade a suas três primeiras edições, o WOSES se propõe como um espaço dedicado a investigar as possibilidades e potencialidades de um olhar sociotécnico especificamente lançado sobre a Engenharia de Software (ES), em sua busca de projetar e desenvolver software de alta qualidade. Um olhar que busca apreender a ES sem fragmentá-la em “fatores ou aspectos técnicos” de um lado, e “fatores ou aspectos não-técnicos” de outro, sem fatorá-la em quaisquer outras dualidades (“fatores técnicos” versus “fatores humanos, organizacionais, éticos, políticos, sociais, etc.”) que terminem por desfigurar o “pano sem costura” que imbrica na ES o técnico e o social em um mesmo e indivisível tecido. Sensível às recomendações recorrentes na literatura da ES em geral, e nos modelos de qualidade de software, em particular, sobre a importância das questões sociais, políticas, organizacionais, culturais para o sucesso dos projetos, o workshop buscará, através da exposição de trabalhos e dos debates entre os participantes e expositores:

  • Promover novas e melhores formas de interação entre o técnico e o social, buscando superar fronteiras entre a ES e outros saberes, especialmente aqueles oriundos das ciências humanas e sociais;
  • Buscar uma nova compreensão do sucesso/fracasso dos projetos de desenvolvimento, implantação e melhoria de processos de produção de software à luz das relações éticas, sociais, políticas, econômicas e históricas indissociáveis da prática de ES;
  • Consolidar a formação de uma rede de pesquisadores interessados pelo desafio de construir uma abordagem sociotécnica da ES, procurando socializar as experiências dos grupos de pesquisa já envolvidos com o tema no Brasil e na comunidade internacional, bem como estimular a formação de novos grupos;
  • Entender a atual configuração da ES no Brasil e no mundo, através da contextualização histórica de seu ensino e prática;
  • Contribuir para a produção de novos saberes capazes de enriquecer o debate sobre a ES, potencialmente aptos a agregar eficiência e qualidade ao desenvolvimento, manutenção e implantação de sistemas de software.
  • Construir e fortalecer os vínculos entre a abordagem sociotécnica e a demanda por qualidade de software, especialmente à luz de estudos de caso de desenvolvimento, manutenção e implantação de sistemas de software.
  • Discutir estudos de caso, relacionados a projetos de software e projetos de melhoria/implantação de processos de software, tratados à luz do olhar sociotécnico, no qual a ES é constituída de forma indissociavelmente técnica, social, histórica, econômica, ética e política.
  • Refletir sobre as questões de ensino e prática da ES à luz do olhar sociotécnico, no qual a ES é constituída de forma indissociavelmente técnica, social, histórica, econômica, ética e política.